Tubulões

Os tubulões são elementos estruturais da fundação. Que transmitem a carga ao solo resistente por compressão. Através da escavação de um fuste cilíndrico e uma base alargada, aumentando assim a área de contato com terreno. Para admitir maior capacidade de carga do tronco cônico a uma profundidade igual ou maior a três vezes o seu diâmetro.

Classificam-se em dois tipos, a céu aberto e com ar comprimido. Veja as diferenças a seguir:

Tubulões a céu aberto:

Eles são recomendados para obras de médio porte, devido a seus custos.

Consiste em um poço aberto manual ou através de perfuratriz de estaca escavada. De modo que não haja desmoronamento durante a escavação e acima do nível d’água. Quando há tendência de desmoronamento. Então reveste-se o furo com alvenaria de tijolo, tubo de concreto ou tubo de aço. O fuste é escavado até a cota desejada, entretanto a base é alargada e posteriormente enche-se de concreto (Brito, 1987).

Tubulões com ar comprimido:

São utilizados quando existe água e o perigo de desmoronamento das paredes do solo. Nesse caso, a injeção de ar comprimido nos tubulões impede a entrada de água. Pois a pressão interna é maior que a pressão da água. Sendo a pressão empregada no máximo de 3 atm. Limitando a profundidade em 30 m abaixo do nível d’água. Desta forma será feita uma fundação de alta capacidade para maior carga.

Os Tubulões com ar comprimido são apropriados para fundações de obras de grande porte.

Antes de se decidir pelo tipo de fundação de uma obra, deve-se analisar criteriosamente todos os métodos. E desta forma optar-se pelo mais apropriado para cada caso.

A.LOPES ESTACAS E SONDAGENS está à sua disposição, para contribuir da melhor maneira possível. Executamos fundações com estacas, moldadas in loco em diversos diâmetros e até 22 metros de profundidade.